> TODAS

> VIDA E ACIDENTES

> ESTÁGIO

> SAÚDE

> PREVIDÊNCIA

> VIAGEM

> AUTOMÓVEL

> RESIDÊNCIA

12/11/2021 15:45

  Views  

O Seguro que protege seu veículo na América do Sul

Chega final de ano, e com ele aquela vontade de renovar as energias, colocar o pé na estrada, conhecer novos lugares e novas culturas.

Que tal tirar férias de um jeito diferente, e aproveitar a paisagem das estradas pelos países vizinhos do nosso? Essa pode ser uma ótima opção para quem quer fugir da rotina de trabalho.

Viajar com nosso próprio veículo, ou até mesmo alugar um para fazer essa viagem pode ser muito mais prático e confortável para você e sua família, mas há algumas questões extremamente importantes para se atentar antes de cair na estrada; seja de moto, carro ou caminhão.


Meu Seguro Auto é válido fora do Brasil?

Apesar de haver um acordo entre o Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Venezuela e Uruguai, algumas regras de trânsito que acabam sofrendo variações em cada país. Quando chegamos de carro em países do Mercosul, você sabe como funciona as coberturas do seu seguro nesses países?

Esse é um ponto muito importante, e você precisa estar informado antes de pegar a estrada. Em especial no Chile, que exige nas fronteiras que seja apresentado o seguro de proteção para terceiros específica para o país. É por isso que é tão necessário fazer um planejamento não só do roteiro de viagem, gastos, estadia e atividades, mas sobre as Leis de Trânsito locais, e a cobertura do seu seguro nesses países.

Ao cruzar a fronteira, é muito provável que o seu veículo não esteja mais segurado, pois não é costume do corretor ou banco incluir uma cobertura tão específica na hora da cotação do seu Seguro Auto, para baratear seu custo. Algumas seguradoras como Porto Seguro e HDI, até estendem essa cobertura de forma gratuita, mas a seguradora deve ser informada com antecedência a viagem, para emitir um endosso da cobertura, para você levar durante sua viagem.

Afinal, o que é preciso fazer para viajar com meu veículo para países do Mercosul, e continuar protegido pelo seguro? Nessa situação específica, você precisará da Proteção Carta Verde ou o Seguro.

 

 

O que é Proteção Carta Verde?

O Seguro Carta verde foi instituído pela resolução 120/94, e ele só é válido para carros de passeio particulares ou de aluguel, e que não tenham placa original do país que estão sendo visitados naquele momento. Mas é importante frisar que, mesmo que seu carro ou moto utilize os novos modelos de placas azuis do Mercosul, elas não dão a garantia do seguro para seu veículo, pois sua origem é Brasileira. E mais importante ainda, é lembrar que esse seguro é OBRIGATÓRIO para todos os veículos que ingressam nesses países.

A Proteção Carta Verde tem como maior objetivo resguardar danos causados a terceiros, sendo assim, ele apenas cobre os gastos do reparo do automóvel, ou gastos com saúde da outra pessoa envolvida no acidente, e não do seu veículo apontado no contrato.  

Então se seus planos são viajar de carro para a Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia ou Chile, você precisará da Proteção Carta Verde.

Você poderá consultar a resolução 120/94 na íntegra nesse link: https://www.sgt4.mercosur.int/es-es/Documents/Res_120_1994.pdf

  

E como será feita a assistência ao meu veículo caso aconteça um acidente?

Você poderá ligar para o 0800 ou número de telefone que constar na sua apólice ou endosso para ter atendimento 24hs. A assistência para terceiros em caso de acidentes será prestada por seguradoras credenciadas no país que está visitando no momento da viagem. Já os passageiros e seu veículo, poderão ser removidos para o Brasil, caso queria reparos por aqui.

 

Por quanto tempo é necessário contratar esse seguro?

Ele é um seguro bem flexível, sendo assim você pode contratar apenas nos dias que você estará em território estrangeiro, de acordo com sua necessidade: três dias, cinco dias, uma semana, dez dias, quinze dias, um mês e até o máximo de um ano. 

 

Quais são as coberturas que eu terei direito?

São coberturas básicas os Danos Materiais ou Danos Corporais causados a terceiros por acidentes ocasionados por negligência, imperícia ou imprudência do condutor.

No entanto, fique atento à legislação de trânsito do país que vai visitar, pois existem situações de transgressões que podem prejudicar, ou até causar a perda de cobertura do seguro; como por exemplo, dirigir alcoolizado.

 

Importante lembrar que:

Fique Atento! O Chille não faz parte da Proteção Carta Verde na maioria das seguradoras. Por isso confirme com seu corretor se é possível incluir o Chile no Seguro Carta Verde, e verificar se existe o nome do país especificado na apólice ou endosso que receber.

Caso não seja possível, você deverá contratar outro tipo de seguro: o SOAPEXSeguro Obligatorio de Accidentes Personales para Vehículos Extranjeros. Simplificando esse assunto, ele é bem parecido com o DPVAT do Brasil, que cobre danos corporais sofridos pelos passageiros, motorista e terceiros não transportados e pode ser contratado facilmente pela internet.

 

Se você já é cliente Oeste Seguros, nós contamos com uma equipe especializada que te auxiliará em todo o processo de contratação do Seguro Carta Verde. Estamos à sua disposição pelos telefones: (18) 3502-3502 ou (18) 99821-2490, de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

E pra você que ainda não é nosso cliente, faça agora um orçamento grátis e sem compromisso com a Oeste e consulte todas as condições do Seguro Carta Verde com nossos especialistas.

Fale agora com um de nossos consultores no Whatsapp (018) 99821-2490.

 

Gostou desse conteúdo? Então olha só que legal esse vídeo que nós preparamos:

 

Comentários

carregando...

Deixe seu comentário e avaliação!

logo oeste